segunda-feira, 17 de março de 2008

Poema Triste


Meu poema

é antiquado,

nasceu quadrado.

Tristes palavras

escapam de mim...

Angústia assim,

só no vazio

do branco papel.

O meu verso

é um anjo roto

caindo do céu.


Laurene Veras
............................................................

Escultura: "Pensamento", de Auguste Rodin

Nenhum comentário: