terça-feira, 8 de julho de 2008

Au Revoir meu bem


Começa-se a morrer
No dia em que se nasce
E na vida se renasce
Vez por outra

Comecei a te perder
No dia de nosso primeiro beijo
(foi um desses renascimentos)
um beijo fragmento
de eternidade
teu beijo infinito de querer

agora, cada dia, penso e conto
quanto tempo vai ser esse encontro
quantos beijos nos resta ter
quanto de mim levarás contigo
quanto de ti ficará em meu ser.

Laurene Veras
..............................................................
Klimt

Nenhum comentário: