quinta-feira, 25 de dezembro de 2008

Dois poemas natalinos



Há Pessoa que diga de todos os cansaços.

Mas nem mesmo ele e todas as suas malas por arrumar

resgatam meu sonho náufrago.


.....................................


Com a alma

clara em neve que desanda
......
Laurene Veras

....................................................
A imagem, perfeita, é Ryder também.

Nenhum comentário: