sábado, 28 de março de 2009

Indeterminismo



Uma bruxa
uma vez
me disse

-Um dia terás cacife!
Mas cuida teu lado avesso,
também te vejo no excesso.

E apesar da profecia
eu cá, por mim, vaticino:


Vou bordando meu destino
nuns dias Maria Bonita
nuns outros eu sou Virgulino.

Laurene Veras

2 comentários:

LisianeV disse...

bordar e tecer,como a amiga Penélope, da mitologia. bordava e tecia esperando o pior e o melhor.
destino grego ate então.
bj.

joão pedro wapler disse...

bonito poema. bom mesmo.