quinta-feira, 19 de março de 2009

Boa Noite Senhor Lagarto



Havia alguém comigo e de repente surgia um lagarto entre nós. Era um lagarto lindo, de um verde muito vivo, como uma iguana, e dava para ver a pele escamosa se mexendo com a respiração dele. No susto, antes que eu pudesse intervir, a pessoa que estava comigo surgiu com um martelo e bateu com força no pescoço do lagarto e o matou. Quando o martelo bateu no réptil seu pescoço era mais duro do que parecia, percebi pelo impacto e pelo som, foi como bater em um peixe, pensei. Fiquei chateada e protestei contra o lagarticídio.


Laurene Veras
.............................................
Fragmento de um sonho publicado no dromma.
.....................................................
Uma das "Teiniaguás" de Jane Machado, litografia de 2007.

Um comentário:

Teresa Azambuya disse...

Lagarticídio, que ótimo!
haha

Bjs