domingo, 15 de março de 2009

Teresa



Daqui do alto

vejo imóveis

as copas das árvores.


Não há vento em mim.

Às vezes se agita um galho

voa desvairado um pensamento


Os meus pássaros se vão

A árvore segue inerte

E eu enterro minhas raízes.


Teresa Azambuya
........................................
Mais Teresa? Aqui.
........................................
Raíces de Frida Kahlo.

2 comentários:

Teresa Azambuya disse...

:D

EEE, obrigada!

Laurene Veras disse...

Eeeeeeeeeu que agradeço!!!
:D