quarta-feira, 15 de abril de 2009

Mano e Pedro


Sexo em Moscou

Quando comecei a passear meus dedos
Pela sua marighelazinha já ficando molhada
Ela teve medo e recuou na resitência:
- Stálin! Stálin!
Mas depois deu uma olhada
Viu meu sputinik pronto a entrar em órbita
Exclamou feliz da vida:
- Que vara! Que vara!
- Que nikita mais krutschev!
Eu era o sessenta
Ela era lunática rainha lunik 9
Me sentia como se estivesse dando um cheque-mate
No próprio Karpov
E por não ser nem fidel e nem castro
Lambi sua rosa de luxemburgo
E a linda bolchevique geminha tesudinha:
- Ai língua de seda,
Maravilhosa,
Me lenine toda, meu bem
Me lenine toda,
Todinha!
Arranhava minhas costas com suas unhas de mil caranguejos
E sussurrava entre beijos:
- Marx! Marx!
E o colchão de molas rangia:
- Mao tse tung! Mao tse tung!
Me chamou de seu tesão
Maiakovsky do sertão
Engels azul do meio dia
Poeta do real
Sua fantasia
Olhou-me nos olhos e disse:
- Tu és o meu Brejnev!
E ficamos por um tempão
Deitados no colchão de neve
E nos amávamos
Esperando o intervalo
Entre uma e outra greve
Trotsky! Ela tinha uma bezerra gregoriana
Que deixava lamarcas
E quando o êxtase atingiu ao seu máximo górki
Quando estava prestes a acontecer um orgasmo dissidente
Sussurou rangendo os dentes
- Chove dentro de mim,
Chove, chove,
Gorbatchev!

Mano Melo
...................................................
Não dá pra evitar de publicar este poema aqui depois de ter visto o Pedro Marodin interpretando-o no República da Poesia ontem. Foi tão divertido que ele teve de apresentar o poema novamente um tempo depois para os recém chegados. Obviamente o crédito do poema todo do Mano Melo, genial. Mas aquela performance também é uma obra! Na foto, o Pedro.
..................................
O poeta convidado foi o Barreto, e como eu sou fã dele minha opinião é suspeitíssima. Ele é o Barreto, não tem outro igual! Nem parecido. Adorei.
.................................
Carmelina do AGUIA cantando Mano a Mano do Gardel eu nunca vou esquecer. Amoleceu meu coraçãozinho fossilizado.

3 comentários:

Marco Túlio disse...

Querida Laurene, já estou acompanhando teu blog. To passando rapidinho pra deixar esse Oi! fim de semana terei mais tempo e vou ler tudo aqui com calma! beijos!

Guto Leite disse...

Eu dei boas gargalhadas, Laurene, apesar de ter perdido o sarau para leituras burocráticas, rs... Beijo e bom fim-de-semana

Laurene Veras disse...

Nem fala em leituras burocráticas, to aqui engalfinhada com um Lobo Antunes...Eu gosto dele, mas digamos que não ando com humores pra exortações aos crocodilos...enfim...