terça-feira, 14 de julho de 2009

o dilema de Juliana

avó Néia
se chamava Adelaide
se chamava domingo
de tarde

Juliana Meira
..................................................
Poema de uma das minhas poetas gaúchas favoritas, tá no livro poema dilema, lançado agorinha pela coleção Palavra Viva da editora Porto Poesia. Na palavraria tem, e não só o da Ju, a turma do Porto Poesia entrou nessa de cabeça e coração. Passa lá!
............................................................
Ilustração da fofíssima Camila Carrossine. Dá uma olhada aqui nos meus links, tem o site dela, que eu tb recomendo, muito.

3 comentários:

Manu disse...

Até pensei que fosse teu. Faz lembrar aquele teu poema de domingo. Ai que lindo, ai que lindo!

Laurene Veras disse...

Lindo, né? Eu tb acho! E tb lembrei daquele poema do gato dormindo!

Juliana Meira disse...

Lau poeta, fico contente em ler meu poema aqui, seguido das tuas palavras sempre tão gentis.
obrigada obrigada
beiJu