domingo, 25 de outubro de 2009

Pérola Negra, te amo, te amo

Americana, estreou em Paris em 1925. Dançava quase nua, teve inúmeros maridos e amantes. Sofreu maus tratos no Missouri racista, participou da resistência francesa durante a segunda guerra, recebeu condecorações, escandalizou e seduziu o mundo. Elegi a minha pin-up: Josephine Baker. Amava Berlim e Paris, e foi por ambos também amada e muitas vezes repudiada. Não tendo constituído família, adotou 12 crianças órfãs. E vocês aí pensando que Angelina Jolie era vanguarda, né? ;D