sábado, 20 de março de 2010

Era uma vez uma princesa muito, mas muuuuuuito boca aberta...

Para Marcelo, Sal, Julita, Fernando e especialmente para Li e Gal. Pela força inquebrantável.
........................................................................................

Quando brincávamos de sermos princesas imaginávamos as estórias mais divertidas e a sala inteira era nosso reino. Havia personagens e situações nada principescas mas quase sempre hilárias e muitas vezes poéticas (algumas vezes grotescas...). Éramos umas princesas às vezes meio às avessas, cervejeiras, desbocadas, muito alegres ou muito tristes, mas ainda princesas.
Quando você sair daí, nós - os cavaleiros da ordem sagrada da princesa Franjinha - vamos te contar da vez em que você ficou presa neste castelo e nós o sitiamos; do confronto com a terrível enfermeira plantonista de sábado à noite por causa da aglomeração de "familiares"(éramos muitos, mas de familiar mesmo só havia dois); vamos te contar do ousado roubo do lençol cometido por nossa audaciosa "general"; da teoria do pula-pula; da terrível "bola" na garganta; do copo sagrado...mas principalmente, princesa Franjinha, vamos te contar sobre um grupo de cavaleiros e cavaleiras à pé e desarmado que bravamente se perdeu e se encontrou dentro daquele labirinto sem minotauro só para poder ficar perto de você, só para que você soubesse que é para também ficar assim, perto de nós, e para que nossa mais condecorada general tomasse conta de tudo sabendo que podia contar ao menos com o apoio moral da tropa cobrindo a retaguarda durante o longo cerco ao castelo.
Sai logo dessa torre princesa Franjinha, os dragões, os príncipes e os sapos nos aguardam. E pode contar que enquanto isso montaremos guarda!
We'll always be there for you.

Fica boa logo.
...........................................................
Uma princesa - franjinha de cabelos vermelhos da Lupe pra ti.

4 comentários:

maria julia disse...

Muito fofo!! Adorei

Bjossss

ana carolina disse...

a fantasia alivia.

maumau disse...

:)

Lisiane V disse...

Viu só? Tanto carinho assim me deu força para deixar o castelo! Voltando com o exército, cada vez mais fortalecido e unido e muitas batalhas vitoriosas teremos.
Medalhas de mérito, ouro e amor para os 'cavaleiros e cavaleiras'.

Valeu :)