terça-feira, 12 de outubro de 2010

O guerreiro e o jabuti




O escritor angolano Ondjaki foi contemplado recentemente com o prêmio Jabuti na categoria juvenil pelo livro AvóDezanove e o segredo do soviético. Merecidíssimo, embora eu seja suspeita para falar, já que ambos, o autor e o livro, são objetos da minha pesquisa. Não considero Avózanove juvenil, mas vá lá, o narrador é um menino que vive na Luanda ocupada pelos cubanos e soviéticos na década de 80. De um lirismo sui generis e um senso de humor delicado, recomendo sem reservas.
Aguarde para breve entrevista do autor no programa do Jô. Avisarei a data no blog.

2 comentários:

Izabel Garcia disse...

Deve ser um livro lindo!

Laurene Veras disse...

É sim! To com saudades pinguina, mas ainda não pude ir a Floripa, parece mentira! Qdo eu for, farei contato. Bjão