domingo, 16 de janeiro de 2011

Angústia



Sentir o abismo por perto
e não divisar a neblina

o otimismo
um retrocesso

o futuro
asfixia

atravessar a noite desperto
nem descansar
nem sorrir

o que ontem me afligia
hoje inda é o porvir

Laurene Veras
....................
Ilustração, Marjane Satrapi, de Persépolis

Um comentário:

Thais disse...

Compartilho hoje também da angústia