sábado, 19 de fevereiro de 2011

Bucólicas





Para Tatiana Tesch

do cimo da coxilha
nem tanto ao chão
que me faça tão terrena
nem tanto ao céu
que me sinta
tão divina

Garibaldis
vencem vagas
de poemas

e salamandras
viram sonhos
de menina
...................

noite na fazenda

os olhos
respiram
as estrelas

Laurene Veras