domingo, 4 de dezembro de 2011

Do meu Ser

Não
Não tenho medo
Este amor
Que eu resgato
Do degredo
Não se vê fácil
Nem é brinquedo
É coisa séria
Essência última
Da minha matéria

Laurene Veras

Nenhum comentário: