sábado, 29 de dezembro de 2012

Reflexões sem vetor para o final do ano


Lidar com a dor é muito mais uma decisão do que um processo. Ou seria o contrário? Ótimo, agora estou me tornando uma escritora de aforismas clichês de auto-ajuda. Grande evolução para 2013.
.............................................................................................
Mas retomando, talvez seja necessário investir nas duas coisas: decisão e processo. Talvez sejam complementares. Ou não, como diria Caetano.
...............................................................................................
De qualquer modo, se eu pensar em Nietzsche, libertar-se da moral de escravo, etc. Em Schoppenhauer, a Vontade há de suplantar o vazio. No primeiro caso há uma escolha. No segundo, não.
.......................................................................................................
Se a decisão e o processo forem necessários, cumprem o papel de Dionísio e Apolo na tragédia. Aparentemente opostos, mas complementares.
............................................................................................................
Nietzsche, sem sombra de dúvida. Fico com o sentimento dionisíaco.
Evoé.

sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

Dominic Chianese

 O "uncle Junior" da série Os Sopranos em cena lendária. Dominic Chianese agora pode ser visto na série Boardwalk Empire, da HBO. Boardwalk Empire acaba de confirmar a quarta temporada e se passa nos anos 20 em Atlantic City. Estrelada por Steve Buscemi, a série narra histórias de gângsters em plena Lei Seca. Bem bacana.
.....................................................................................................................
Parece mentira, mas ainda tem gente que não sabe qual o pano de fundo de Os Sopranos, eu mesma não fazia idéia até o início deste ano. Bom, então é o seguinte: Os Sopranos é sobre uma família de mafiosos de New Jersey, se passa na década de 90. A série já acabou há algum tempo, mas está disponível em DVD. Premiadíssima, para quem gosta de boas produções sobre gângsters, é das melhores coisas que já vi.
..........................................................................
Os créditos por me apresentar as duas séries vão para o Carlo, lógico.


quinta-feira, 18 de outubro de 2012



o que dizer de nós
homúnculos 
contorcendo-nos
vermiformes
urgentemente

no mais puro engodo
de sermos gente
Laurene Veras

sexta-feira, 7 de setembro de 2012

Nerds, tremei


Stephen Hawking e Sir Ian McKellen. Que do caralho!
London organizing committee chair Sebastian Coe added, “Sport is about what you can do, what you can achieve, the limits you can reach, the barriers you can break.”

quarta-feira, 8 de agosto de 2012

poema para uma noite de agosto




Para Raquel Pianta

sobretudo a insensatez
e a neblina

e ainda mais
a embriaguez
as linhas não retas
as sentenças incertas

entretanto o nada

as tabernas fechadas
e a fachada
daquelas
pernas cruzadas

Laurene Veras

Farol




e quando tu dormes
o movimento do mundo
despenca na treva
da ausência da tua pele
veludo
de onde emana um brilho
fosco e insistente
feito de ventura
e de idílio

Laurene Veras
..............................
Foto: Mauren, por Dani Fetz.

Fernandos e Portugais




Conselho aos críticos do novo século

“Se queres parecer inteligente,
desdenha de quem escreve coisas simples
e desconfia, desconfia sempre
dos sentimentos, das convicções.

Diz mal da tua época,
procura dar a tudo um ar difícil
e cita alguns autores que ninguém leu.

Se queres que te respeitem,
reserva a admiração e o elogio
pra certos mortos bem escolhidos,
de preferência estrangeiros
e acima de tudo
não caias nunca na vulgaridade
de ser compreendido pelos que te lerem.”

Fernando Pinto do Amaral

sexta-feira, 3 de agosto de 2012

Chica da Silva


a branca é chocha e não tem o teu bodum
oh Chica!
a tua bunda as sete saias enfuna
qual duas morangas inchadas de chuva.
esconde a noite a tua pele
mas acho-te pelo cheiro oh Chica
ou pl'os dentes quando ris
que mais faíscam que as faíscas mais todas
do rio

Milton Torres
No fim das terras

desenho meu.
em que se meça
a flecha
da palavra
há tantas braças de mágoa
que se perdem os possíveis
significados
no abismo da garganta

quinta-feira, 19 de julho de 2012




O objeto do meu amor
tem uns jeitos de homem antigo.

Vocabulários graves,
impostações de voz,
e posturas ensaiadas
de salamaleques nenhuns.

Porém, quando ri,
traz os olhares da criança que não fui:
gestos aventureiros,
palavras inventadas,
curiosidades ligeiras,
ágeis movimentos de fada.

Quando eu te conheci
na intensa ânsia de não me ser
me aconteci.

Laurene Veras

quinta-feira, 28 de junho de 2012

Uma réstia
Nos entretantos de tanta afasia
Uma fresta que sangrasse luz
Um quase nada de alegria
Que enganasse esta mortalha
Um entre parênteses de céu azul

Uma migalha.


Laurene Veras
.............................
Ilustração de Ryohei Hase. Mais aqui

.

terça-feira, 20 de março de 2012

Guto Leite




Entrevista com Guto Leite em O Café:

http://www.ocafe.com.br/2012/03/15/a-arte-do-risco-uma-conversa-com-guto-leite/