quinta-feira, 17 de dezembro de 2015

Poema andarilho

Le Baiser, Pablo Picasso (1969)


você é o mítico painel
que o mestre espanhol
jamais criou:
a fúria está nos detalhes
uns olhos que furtam miragens
a boca difusa em contrastes
a pele que o cheiro deixou
(documento antibarbárie
nas cores de tantas bandeiras)
você é mosaico de olhares
picassos tarsilas riveras
vascos de prados e rayuelas
(pegadas que o vento apagou)
você é todos os lugares
espanhas não peninsulares
a luz que redime da dor

Laurene Veras

Nenhum comentário: